sábado, 9 de fevereiro de 2019

Ação da Yellow revitaliza a Praça da Amizade com a ajuda de voluntários na comunidade São Remo

A Yellow, empresa brasileira de soluções de mobilidade urbana individual, vai apoiar o mutirão para a reforma da Praça da Amizade, que fica na comunidade São Remo, ao lado da Cidade Universitária - USP. 

A ação começou nesta sexta-feira, 08/02, e segue até 10 de fevereiro, das 10h às 18h. Ela faz parte do calendário de ações “Yellow na Quebrada”, para manter viva a parceria da empresa com as comunidades que ficam no entorno da sua área de atuação em São Paulo. 

A ideia é oferecer recursos e materiais, além da participação de funcionários voluntários para que, juntos com a comunidade local e em parceria com o Instituto A Cidade Precisa de Você, possam promover melhorias (mais plantas, bancos, mesas, cores e bicicletário) neste espaço público de convivência. 

Desde o início da operação da Yellow em São Paulo a empresa firmou parcerias locais na comunidade São Remo. A Yellow fez o recrutamento de seu time de rua lá na comunidade, trazendo pessoas interessadas em trabalhar com bike. Também cadastrou pontos parceiros locais para venda de créditos em dinheiro a fim de incentivar o uso para todos. Além disso, realizou diversos projetos em parceria com o Circo Escola (ONG Social Bom jesus), com atividades como o Rodinha Zero, junto com a ONG Aromeiazero, no mês das crianças. 

O mutirão é aberto a quem mais quiser participar. A praça fica ao lado do portão de pedestres São Remo da USP, na Rua Catumbi, s/n - Vila Butantã – cerca de 200 metros do HU (Hospital Universitário).
Saiba mais sobre o evento clicando nesse link: 

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

FGV EAESP realiza palestra gratuita sobre a importância da sustentabilidade empresarial

A Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP) realizará, na quinta-feira (14), a partir das 8h30, uma palestra gratuita com o tema: "Sustentabilidade empresarial: não mais uma escolha, uma necessidade". O OneMBA, MBA global da FGV EAESP, é o patrocinador do debate.

Palestrantes:
Marcelo Lima, CCO (Chief Compliance Officer) da Toyo Setal Empreendimentos, empresa que desenvolveu um robusto Programa de Compliance, estruturado segundo os pilares do decreto 8.420/15, que regulamentou a Lei Anticorrupção (12.846/2013), tornando-se referência no setor.

Cecilia Hervé, consultora sênior da Corporate Citizenship, empresa global de origem inglesa especializada em sustentabilidade e responsabilidade social corporativa.

Inscrições: aqui

Serviço
Sustentabilidade Empresarial: não mais uma escolha, uma necessidade
Data: 14 de fevereiro de 2019
Local: FGV – Rua Itapeva, 432, Bela Vista
Hora: 8h30 às 9h (welcome coffee break)
9h às 10h (palestras)
10h às 11h (information session sobre o OneMBA, www.onemba.org)

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Em defesa dos oceanos e do turismo sustentável Instituto Supereco articula rede de parceiros

Chega de lixo na praia - Supereco -
Foto: Bia Barros
Estudos indicam que até 2050 o mar terá mais lixo do que peixes. Diante essa informação, o Projeto Tecendo as Águas, patrocinado pela Petrobras, levantou a proposta articular parceiros em torno de uma bandeira comum #omarnãoestápralixo. O primeiro passo foi do Instituto Supereco ao receber neste mês em sua sede representantes de organizações não-governamentais (ONGs), de instituições privadas e do poder público. Na ocasião, foi formado o grupo “Ações em rede”, que será responsável por construir um painel de parcerias e oportunidades para 2019, a exemplo da campanha “Verão no Clima”, do Governo do Estado de SP, que mobilizou diversos atores.

“Unir esforços de instituições do litoral norte de SP atuantes nas mesmas temáticas, e articular suas iniciativas em rede, é fundamental para enfrentar os desafios da região, como os resíduos e a poluição que lota os oceanos, praias e rios e a população, que quadriplica nas temporadas. Precisamos ganhar escala e capilaridade, em vez de sobrepor ações semelhantes com os mesmos públicos”, afirma a presidente do Instituto Supereco e coordenadora geral do Projeto Tecendo as Águas, Andrée de Ridder Vieira.


Balneário dos Trabalhadores
Divulgação/Supereco
Participaram do 1º encontro, a equipe do Projeto Tecendo as Águas, realizado pelo Supereco, com o patrocínio da Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, Refresh Brazil, Instituto Terra e Mar, DTA Engenharia – Porto de São Sebastião, Samuel Costa – Painel Microlixo, Flow Desenvolvimento Sustentável, Secretarias Municipais de Meio Ambiente (SEMAM) e de da Pessoa com Deficiência e Idoso (SEPEDI), da Prefeitura de São Sebastião, Instituto Educa Brasil, Instituto Argonauta e Grupo de Escoteiros Desbravadores.

Movimento Ações em Rede reúne parceiros em prol do meio ambiente
Divulgação/Supereco
Para Luciana Mota, da DTA Engenharia, empresa responsável pelo Programa de Educação Ambiental do Porto de São Sebastião, o encontro foi muito importante para somar forças com instituições que trabalham no litoral norte, que têm esse conhecimento local e estão buscando um desenvolvimento sustentável e uma educação ambiental que seja acessível a todos. “Para mim, essa reunião foi fundamental para sairmos das nossas caixinhas e alcançar resultados mais amplos. A prática de compartilhar recursos e conhecimentos, com certeza vai fortalecer os trabalhos durante o ano todo”, ressaltou.

Movimento Ações em Rede reúne parceiros em prol do meio ambiente
Divulgação/Supereco
Tatiana Araujo, da Flow Desenvolvimento Sustentável, também deu suas impressões sobre a reunião. “Penso que que é super válido ter esse tipo de ambiente, de diálogo, de fortalecimento da rede”, avaliou.

Estimulados pela agenda farta em oportunidades, o grupo pretende abrir espaço para outras pessoas interessadas em participar desse esforço. Os representantes de instituições ou voluntários individuais devem entrar em contato com a equipe do Tecendo as Águas.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro da programação e do que o “Ações em rede” está fazendo por aí:

facebook.com/ProjetoTecendoasAguas
facebook.com/institutosupereco e
@institutosupereco
Tel: (12) 3862-0100

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Preocupada com impactos ambientais, empresa desenvolve tecnologia para fabricação de canudos de papel

O alto consumo e descarte de produtos plásticos vem sendo discutido em diferentes países por conta da poluição, especialmente dos oceanos. De acordo com uma pesquisa publicada pela revista científica Science, em 2015, descobriu-se que a humanidade gera um total de 275 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano – desse montante, entre 4,8 milhões e 12,7 milhões de toneladas chegam aos oceanos.

Com a intenção de diminuir a poluição plástica, cidades brasileiras buscam alternativas para preservar o meio ambiente, começando pela substituição do canudo plástico pelo de papel biodegradável ou reciclável. O Rio de Janeiro foi a primeira cidade a banir o uso e fornecimento de canudos plásticos em quiosques, bares e restaurantes, devido a um projeto de lei sancionado em julho de 2018. Outras cidades brasileiras também buscam caminhos para eliminar o consumo e o fornecimento de itens plásticos. A tendência é que essa mudança também se estenda para outros itens, como copos, pratos e talheres plásticos.

Sempre a favor de iniciativas sustentáveis e para atender as indústrias em relação às novas necessidades do mercado, a Henkel, líder em tecnologias adesivas de alta performance, desenvolveu um adesivo específico para aplicação em canudos de papel - resistente a líquidos durante o período de uso. Produzido em Jundiaí, interior de São Paulo, sua fórmula é 100% a base d'água, não contém solventes e atende legislações locais pertinentes a contatos diretos com alimentos.

"A Henkel está sempre preocupada com os impactos ambientais, além de acompanhar as tendências e necessidades de diferentes mercados. Ao identificar essa demanda no Brasil, nosso time de Pesquisa e Desenvolvimento desenvolveu essa tecnologia com alta performance, qualidade e segurança para atender prontamente às necessidades dos fabricantes. Além disso, nossa unidade fabril de Jundiaí tem capacidade para abastecer a indústria local", explica Igor Honorato, Gerente de Vendas Brasil para a divisão de Adesivos Industriais. O produto já está disponível para validação dos fabricantes e sua venda será feita em duas apresentações distintas.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Bike Ybá agita Feira de Orgânicos do Lar Center com a ação "Pedale seu suco"

Divulgação
No próximo domingo, 3 de fevereiro, a Feira de Orgânicos do Shopping Lar Center receberá uma atração especial. Trata-se da "Pedale seu suco", uma ação desenvolvida e realizada pela empresa Bike Ybá, onde os participantes são desafiados a preparar o próprio suco pedalando e fazendo o liquidificador funcionar.

A atividade acontecerá das 8h às 13h e promete muita diversão para crianças e adultos. Gabriel Issler, diretor comercial da Bike Ybá, reforça que a atividade vai além de uma oficina convencional. "É uma experiência única, saudável e educativa, que usa apenas a energia humana gerada no pedal da bicicleta", diz.

Ao final, para repor a energia gasta com o exercício físico e aumentar a disposição, os participantes irão degustar o próprio suco, preparado exclusivamente com ingredientes orgânicos. 

Feira de Orgânicos
Em parceria com a AAO - Associação de Agricultura Orgânica, a Feira de Orgânicos do Lar Center acontece todos os domingos, a partir das 8h, em uma área reservada do estacionamento do empreendimento, e dispõe de uma barraca com diversificado cardápio orgânico para o café da manhã, espaços para refeição e convivência, uma área exclusiva para as crianças, além de bicicletário e bebedouros para pets. Vale ressaltar que durante todo o período do “Já Pro Lar Center” – tradicional temporada de liquidações que traz produtos de variadas lojas do Shopping com descontos de até 70% -, a Feira de Orgânicos funcionará até as 14h.

Serviço
“Pedale seu suco”
Data: 3 de fevereiro 2019 (domingo)
Horário: Das 8h às 13h
Capacidade de atendimento: 150 pessoas
Entrada: Gratuita 

Feira de Orgânicos - Lar Center
Data: Todos os domingos
Horário: Nos dias 3, 10 e 17 de fevereiro - Das 8h às 14h
Local: Estacionamento do Shopping Lar Center
Endereço: Av. Otto Baumgart, 500 - Vila Guilherme - São Paulo / SP

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Lar Center promove Feira de Orgânicos e oficinas de jardinagem neste domingo

Divulgação
Dando continuidade às atividades de entretenimento e lazer para toda a família, o Lar Center promoverá no próximo domingo, 27 de janeiro, durante a Feira de Orgânicos, oficinas de hortas orgânicas caseiras. As aulas acontecerão em três horários, às 10h, 11h e 12h, e serão ministradas pela Sabrina Jeha, geógrafa e herborista da Sabor de Fazenda Ervas e Temperos - viveiro escola, localizado na Vila Maria, zona norte de São Paulo, que produz mudas orgânicas de ervas, temperos e hortaliças.

As oficinas são voltadas tanto para os adultos quanto para as crianças, que irão vivenciar uma experiência sensorial com alguns temperos frescos, como hortelã, manjericão, alecrim, menta e segurelha, conhecer o valor e os benefícios de cada planta, bem como aprender a cultivar uma hortinha em casa. “Ver brotar, plantar e colher ervas e hortaliças é algo transformador. Daremos dicas diversas sobre rega, adubação, colheita e exposição ao sol”, diz Sabrina.

Realizada em parceria com a AAO - Associação de Agricultura Orgânica, a Feira de Orgânicos do Lar Center acontece todos os domingos, a partir das 8h, em uma área reservada do estacionamento do Shopping e reúne diversos produtores que comercializam ampla variedade de alimentos saudáveis e altamente nutritivos, como frutas, verduras, legumes, castanhas, pães, ovos, laticínios, cereais e geleias. O evento dispõe de uma barraca com diversificado cardápio orgânico para o café da manhã, espaços para refeição e convivência, uma área exclusiva para as crianças, além de bicicletário e bebedouros para pets.

Vale ressaltar que durante todo o período do “Já Pro Lar Center” - temporada de liquidações que traz produtos de variadas lojas do Shopping com preços exclusivos e imperdíveis -, a Feira de Orgânicos funcionará até as 14h.

Serviço
Oficinas de Jardinagem
Data: 27 de janeiro de 2019 (domingo)
Horários: às 10h, 11h e 12h
Capacidade por workshop: 15 pessoas
Entrada: Gratuita
 Feira de Orgânicos - Lar Center
Data: Todos os domingos
Horário: Nos dias 27 de janeiro e 3, 10 e 17 de fevereiro - Das 8h às 14h
Local: Estacionamento do Shopping Lar Center
Endereço: Av. Otto Baumgart, 500 - Vila Guilherme - São Paulo / SP

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Gocil gera economia de 300 mil com projeto sustentável

Pensando na importância de não descartar, mas reutilizar materiais e uniformes, a Gocil Segurança e Multisserviços deu novos rumos a mais de 20 mil toneladas de resíduos têxteis por mês, em 2018, por meio do projeto de economia circular, o Reforme. Implantado em 2015, o projeto gera uma economia em torno de R$ 300 mil para a empresa.

"Nosso objetivo é contribuir com a geração de emprego e renda para a população no processo de reforma e transformação das peças. Em 2019, desejamos ampliar ainda mais essa proposta com um retorno social e econômico ainda maior", comenta Daniella Barbosa", diretora de marketing e relações institucionais da Gocil.

O programa, que transforma resíduos e uniformes em itens como bolsas, carteiras, roupas para pets, edredom, entre outros acessórios, recebe auxílio de duas empresas de gestão de resíduos: Biotera e Gaea. Elas analisam a melhor maneira de transformar os resíduos têxteis em novos produtos.

As peças são comercializadas por ongs e instituições filantrópicas, entre elas Clasa, Retece, Charlotte, Nutrarte, Casas André Luiz, Projeto Arrastão, SM Fashion, Samaritanos e pela própria Gocil.

Além do Reforme, outros projetos reforçam o comprometimento da organização com a empresa como o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, que, com a ajuda de uma consultoria, mapeia tudo o que pode ser reciclável e desenvolve planos que possam reaproveitar os materiais sem descartá-los e agredir a natureza.

sábado, 19 de janeiro de 2019

Empresa promove campanha com colaboradores para incentivar a consciência ambiental e práticas sustentáveis

Colaboradoras da Arteb em campanha de conscientização
Indo mais além das portas do complexo fabril da matriz de São Bernardo do Campo-SP, a Arteb, uma das principais fabricantes mundiais de sistemas de iluminação para o setor automotivo, investe em ações de sustentabilidade e cidadania. A empresa lançou campanha para conscientizar os colaboradores a recolherem óleo de cozinha usado de suas casas e trazerem o resíduo para a coleta seletiva na fábrica. Em troca, os funcionários ganham sabão produzido pela empresa que realiza a coleta seletiva do material. A ação tem alcançado bons resultados e a adesão tem aumentado. Esta ação é realizada em parceria com a ECO ABC que passa uma vez por mês para retirar o material.

Na fábrica, já existe todo o trabalho voltado ao meio ambiente e sustentabilidade e com a campanha foi possível estender esta prática também para os lares dos colaboradores, envolvendo os familiares.

A empresa também promove ações sociais, ajudando várias instituições de caridade da região, com campanhas do agasalho que contam com a colaboração da equipe de profissionais, assim como doação de produtos de higiene e limpeza, dependendo da necessidade da cada entidade atendida. Entre várias ações, também participa da manutenção de praça que fica próxima à sede.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Durante as férias cooperativa registro recorde de descarte de lixo eletrônico

Divulgação/Coopermiti/Tropico Comunicação
O descarte irregular de lixo eletrônico já é uma preocupação para ambientalistas ao redor do mundo. De acordo com relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), até 2021 espera-se que a produção de resíduos eletrônicos chegue a 52.2 milhões de toneladas ao ano – o que representa um problema ambiental e de saúde pública, caso os níveis de reciclagem não acompanhem a curva de crescimento.

A cidade de São Paulo pode comemorar uma pequena vitória: a cooperativa de reciclagem de eletrônicos Coopermiti registrou recorde de aparelhos descartados em dezembro e nos primeiros dias de 2019. A boa notícia é que este período é, historicamente, um dos mais baixos em movimento para a cooperativa que sobrevive do descarte de eletrodomésticos e eletrônicos usados ou quebrados.

No mês de dezembro e nos 10 primeiros dias de janeiro, houve aumento de 25% no descarte de pessoa física no balcão da sede da Coopermiti, no bairro da Casa Verde em São Paulo. Entre os eletroeletrônicos mais descartados estão os equipamentos grandes e médios, ou seja, Geladeiras, Fogões e Televisores.

Para a cooperativa, a ampliação do debate sobre Lixo Eletrônico e ações para popularizar o descarte regular de aparelhos eletrônicos quebrados ou sem uso resultaram na maior procura. É importante lembrar que aparelhos eletrônicos podem liberar materiais nocivos como Mercúrio, Cádmio, Cobre e Cromo, caso dispostos em aterros não licenciados e controlados.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Casa Ronald McDonald ABC torna-se ponto de coleta de óleo de cozinha usado

Por meio de uma parceria muito bacana com a ONG Oito Elementos que faz reciclagem de óleo de cozinha usado, desde meados do mês de dezembro, a Casa Ronald McDonald ABC é ponto de coleta do produto. A cada dois litros de óleo, o doador recebe em troca duas pedras de sabão.

De acordo com Paula Muniz, responsável pela área de Marketing da Casa Ronald McDonald ABC, a proposta da parceria é reforçar o apoio à sustentabilidade, já que quando descartado incorretamente o produto pode causar diversos danos ao meio ambiente. “Os produtos químicos utilizados no desentupimento das tubulações e o óleo podem se espalhar pela superfície dos rios e represas, contaminando a água e prejudicando a vida de muitas espécies que vivem nesses habitats”, explica.

Quem dor de São Paulo e quiser colaborar com a causa, poderá fazer a doação de óleo usado na sede da Casa, localizada na avenida Príncipe de Gales, 821 – Santo André/SP.




sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

HomeRefill faz a diferença e recolhe lixos de praia do litoral de SP e conscientiza sobre consumo e desperdício

O verão chegou e, com ele, muitas pessoas viajam, optando por locais calmos e refrescantes. A praia, de longe, é a primeira opção para os brasileiros. Entretanto, a quantidade de lixo encontrado nas praias assusta, piorando o ambiente e, consequentemente, as férias.

Segundo o monitoramento realizado pelo Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (IO-USP), em parceria com o Instituto Socioambiental dos Plásticos (Plastivida), desde 2012, mais de 95% do lixo encontrado nas praias brasileiras é composto por plástico, como garrafas, copos descartáveis, canudos, cotonetes e embalagens de sorvete. Muitas vezes, os utensílios são jogados pelos próprios turistas.

Tendo conhecimento deste quadro, a HomeRefill, plataforma digital que traz facilidade para as compras mensais e de maneira inteligente e econômica, criou a campanha "Verão HomeRefill" que tem o objetivo de recolher o lixo (orgânico e reciclável) das praias do litoral norte de São Paulo, entregar camisetas temáticas e ecobag e conhecer o perfil de cada indivíduo, mostrando que é possível ser consciente no consumo, ajudando o meio ambiente e a economia.

Antes do descarte, o lixo será separado e passará por uma triagem, ganhando rapidez e exatidão para destinação correta. A ação vai até o próximo dia 10 de janeiro.

"A partir do diálogo, queremos mostrar às pessoas que é possível controlar o impulso de compra e que existe uma alternativa saudável para tudo que não é lixo orgânico consumido em casa, por isto, não só no ato do recolhimento do lixo, estamos fazendo uma pesquisa que serve como semente para que quem está ali reflita sobre suas crenças e atitudes no dia-a-dia, com base no que já existe de referência mundial de indicação e no que temos como premissa em nosso DNA empresarial", explica o CEO da HomeRefill Guilherme Aere dos Santos.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Campanha de reutilização de óleo de cozinha tem mais de 1.400 pontos de entrega no estado de SP

A ABIOVE (Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais), em parceria com as empresas de alimentos ADM, Bunge, Cargill, Imcopa e Louis Dreyfus e com o Sindicato da Indústria de Óleos Vegetais (Sindoleo), lança um novo site com informações sobre reutilização de óleo de cozinha.

Através do endereço www.oleosustentavel.org.br, o cidadão tem acesso a informações de caráter educativo sobre o armazenamento e o descarte correto do óleo usado, como o passo a passo para a coleta, os pontos de entrega, publicações de conscientização para o consumidor e esclarecimentos sobre os benefícios da reciclagem do óleo para o meio ambiente e o bem-estar da população.

A página também traz boletins informativos sobre as ações ambientais das empresas que participam da iniciativa, além de curiosidades a respeito do uso do óleo de cozinha, vídeos educativos e reportagens sobre os destinos do óleo usado. No primeiro vídeo, a dona de casa Regina ensina como fazer a coleta do óleo usado:http://www.youtube.com/watch?v=51yLgK1BuXY

Passo a passo do descarte e entrega do óleo de cozinha após o uso:

1° – Deixe o óleo esfriar por pelo menos 30 minutos
2° – Passe o óleo usado em uma peneira e funil, para tirar resíduos de alimentos, e armazene em garrafa pet
3° – Feche a garrafa para evitar odores e insetos
4° – Limpe a panela com um guardanapo de papel e descarte-o no lixo orgânico
5° – Leve ao ponto de entrega (conheça os endereços no estado de SP no site: http://www.oleosustentavel.org.br/pontos-de-entrega)

Ao todo, já são 1.423 pontos de entrega no estado de São Paulo. O óleo coletado é levado para cooperativas de catadores e indústrias de reciclagem, e é destinado para a produção de biodiesel e como insumo para outras aplicações, incluindo a fabricação de tintas e sabão ecológico.

Cindy Moreira, coordenadora de sustentabilidade da ABIOVE, informa que há diversos benefícios em descartar corretamente o óleo. "Nosso intuito é preservar a natureza e fazer dessa ação um hábito da população para que não joguem o óleo no ralo da pia, do banheiro ou no lixo. Além disso, as embalagens de plástico, geralmente PET, são enviadas para cooperativas de catadores credenciadas, onde são separadas e destinadas para as indústrias recicladoras", explica.

Ação na praia de Guarujá-SP tem até revistinha infantil

Em parceria com a prefeitura de Guarujá–SP e com as empresas de alimentos, a Abiove lançou a "Campanha Óleo Sustentável no Verão". Foram inaugurados na cidade sete pontos de recolhimento de óleo de cozinha, além dos cinco já existentes, e, aos fins de semana, promotores realizam atividades de educação ambiental na praia da Enseada, uma das mais movimentadas, e em redes de supermercados.

Na ação, são distribuídos brindes como um funil, para facilitar a separação do resíduo nas residências, e um gibi para as crianças com uma personagem criada especialmente para a campanha, a "capitã Recicla". Também estão sendo entregues sacolas biodegradáveis contendo informações dos pontos de entrega de óleo. A meta é recolher 1.000 litros do resíduo até o final de janeiro.

Segundo a Abiove, a ação é pioneira e inaugura os projetos setoriais no âmbito do Óleo Sustentável. "Queremos ampliar as parcerias público-privadas e contribuir para aumentar a conscientização ambiental e o volume de óleo coletado no estado de São Paulo", afirma Cindy.

Em Guarujá, o óleo de cozinha usado pode ser entregue nos endereços a seguir:

1) Supermercado Krill Caiçara (Avenida dos Caiçaras s/n) - novo
2) Supermercado Krill Guarujá (Av. Presidente Tancredo Neves, nº 100) - novo
3) Supermercado Krill Vicente (Via Santos Dumont, nº 1.503) - novo
4) Roldão Atacadista (Rua Valdomiro Macário, nº 59) - novo
5) Vencedor Atacadista (Avenida Adhemar de Barros, nº 1.660) - novo
6) Mercadão Perequê (Avenida Bidu Sayão, nº 619) - novo
7) Mercadão Guarujá (Avenida Santos Dumont, nº 619) - novo
8) Revenda Ultragaz (Praça das Bandeiras, nº 31, Jd. Enseada)
9) Revenda Ultragaz (Via Santos Dumont, nº 135, Vila Santo Antônio)
10) Revenda Ultragaz (Marginal Piaçaguera, nº 239, Vila Áurea)
11) SABESP (Av. Leomil, nº 1.055, Barra Funda)
12) SABESP (Av. Thiago Ferreira, nº 435, Vila Alice)

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Cargill recicla 3 milhões de litros de óleo de cozinha usados

O Programa Ação Renove o Meio Ambiente da Cargill, endossado pela marca de óleos Liza, bateu a marca de três milhões de litros de óleo vegetal usados coletados e transformados em matéria prima para novos produtos mais sustentáveis, como biodiesel, combustível de fonte limpa e renovável. A iniciativa, que oferece uma alternativa prática e sustentável para o descarte ambientalmente correto do óleo de cozinha usado, foi criada em 2010 e articula parcerias com redes de supermercados, shoppings, empresas, ONGs e prefeituras para implantação de mais de 1000 pontos de coleta de óleo residual em dez estados brasileiros (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Bahia e Pará).

"O Programa estimula o correto descarte dos resíduos de óleos e gorduras vegetais através de ações de divulgação e conscientização ambiental. Participar é muito fácil, basta esperar o óleo esfriar e, com a ajuda de um funil, reservar em um recipiente que possa ser fechado, como uma garrafa PET. Depois de cheia, é só levar até um dos pontos de coleta que indicamos em nosso site da marca Liza. Com a ajuda de todos, tornarmos a cadeia produtiva de nossos óleo e gorduras vegetais cada vez mais sustentável. Atingir a marca de 3 milhões de litros coletados é motivo de comemoração e mostra que a população sabe da importância do seu papel para a reciclagem", afirma Fernando Janizello, da equipe de Sustentabilidade da Cargill Foods Brasil.

Neste ano, a Cargill fechou parceria com o Burger King. A rede de restaurantes implantou em 90 unidades o programa exclusivo que rastreia a destinação de cada litro descartado e permite que o restaurante receba um valor pelo resíduo recolhido. Outra parceria de sucesso é com a rede KFC, que expandiu o programa para os restaurantes de Salvador, na Bahia. As unidades da rede em São Paulo e Minas Gerais já fazem parte do Ação Renove o Meio Ambiente desde 2016.

Para os consumidores, o programa de reciclagem está presente em diversas redes de supermercado espalhadas pelo Brasil. Na Rede Tenda Atacado, a cada litro de óleo entregue para reciclagem, o cliente ganha R$0,60 de desconto em suas compras. Já no Rio de Janeiro, os displays estão disponíveis na Rede Zona Sul de Supermercados e Bramil Supermercados. O Programa Ação Renove o Meio Ambiente conta com mais de 20 parcerias. A lista completa com todos os pontos de coleta está disponível em liza.com.br/sustentabilidade.